Página Inicial Obesidade Obesidade Infantil Actividade Física Programas Estudos e Artigos Calculadoras Eventos Links Uteís

 

Definição

Benefícios

Nível Cardiovascular

Nível Cap. Aeróbica

Nível Condição Muscular

Nível Des. Psico-Motor

Nível Comp. Sanguínea

Nível Psicológico

A. F. Recomendada

Prescrição da A.F.

 

 

Benefícios da Actividade Física

Os benefícios da actividade física e do exercício físico para a saúde, em adultos, estão muito bem documentados. Dados descritivos e prospectivos disponíveis mostram uma relação positiva entre actividade física e condição física e o decréscimo no risco de diversas doenças crónicas como as Doenças Cardiovasculares, a Hipertensão Arterial, a Obesidade, Diabetes tipo 2, Osteoporose, alguns tipos de Cancro e algumas desordens emocionais  (Sardinha e Teixeira 1995).

No entanto, para se obterem os efeitos benéficos é necessário que a actividade física seja praticada de forma regular. A actividade física faz parte integrante de um estilo de vida saudável. É, pois, fundamental que as crianças e os adolescentes aprendam a apreciar a prática de desporto e a actividade física na escola e durante os tempos de lazer. A aprendizagem de estilos de vida saudáveis deve também iniciar-se desde tenra idade.

 

Nível cardiovascular:

? Reduz o risco de desenvolver problemas cardiovasculares;

? Ajuda a reduzir a hipertensão;

?  Reduz o risco de desenvolver diabetes e melhora a sensibilidade à insulina;

? Ajuda no controlo do peso corporal.

? Reduz o risco de morte prematura

VOLTAR  AO TOPO

Nível da capacidade aeróbica

·       Aumento do volume e peso do coração, bem como da espessura da parede e cavidade do ventrículo esquerdo, aumentando a sua capacidade de contracção;

·       Aumento do débito cardíaco (maior capacidade de contracção, logo, mais sangue bombeado a cada batimento);

·       Diminuição da frequência cardíaca, quer em repouso, quer em esforço - bombeia mais sangue em cada batimento cardíaco, não sendo necessário tantos batimentos cardíacos, assim, o coração economiza esforço e bate menos vezes, obtendo o mesmo rendimento;

·       Recuperação mais rápida após o esforço;

·       Aumento do consumo máximo de oxigénio (VO²máx)

·       Diminuição da frequência respiratória - diminuindo-se a necessidade de oxigénio, por melhor aproveitamento deste, o corpo reduz o número de inspirações e expirações por minuto.

VOLTAR  AO TOPO

Nível da condição muscular, óssea e articular

? Promove a manutenção ou aumento de massa muscular;

? Aumenta o metabolismo em repouso após a actividade;

? Aumenta a resistência de tendões e ligamentos;

? Promove o aumento da mobilidade articular;

? Previne a osteoporose, através do stress mecânico;

? Melhoria dos níveis de força;

? Reduz o risco de lombalgia.

VOLTAR  AO TOPO

Nível do desenvolvimento psico-motor

·       Aumento da coordenação e agilidade;

·       Melhoria do equilíbrio e orientação espacial;

·       Melhoria da memória motora;

·       Melhoria da capacidade para desenvolver as tarefas diárias.

VOLTAR  AO TOPO

Nível da composição sanguínea

·       Redução do colesterol total;

·       Redução do LDL;

·       Aumento do HDL;

·       Redução dos triglicéridos.

VOLTAR  AO TOPO

Nível psicológico

? Promove a auto-estima e a auto-confiança;

? Reduz a ansiedade, o stress e a depressão;

? Regulação e prevenção de estados depressivos;

? Melhoria da concentração e memória nos trabalhos mentais diários;

? Sensação de bem-estar e conforto gerais;

? Ajuda a controlar os comportamentos de risco, como por exemplo o uso de tabaco, álcool, substâncias ilícitas.

Fonte: American College of Sports Medicine; American Heart Association; British Medical Association, Themudo e col., (1997); WHO.

 Autora: Carla Marisa Maia Moreira (2007) : (Email: carla_m_moreira@sapo.pt)

VOLTAR  AO TOPO

 

info@obesidade.info